Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

A doença do Temer - Retenção Urinária é mais comum do que se imagina



Essa semana o presidente Michel Temer foi internado com quadro de retenção urinária aguda. Situação em que o paciente é incapaz de urinar, com fortes dores na região púbica devido a distenção da bexiga. O que poucas pessoas sabem é que se trata de uma situação razoavelmente comum em Prontos Socorros de urologia.
Mas porque isso ocorre? Dr. Danilo Galante Urologista da Clinica MedPrimus em São Paulo explica que a Hiperplasia Benigna da Próstata (HPB) ou, como alguns pacientes chamam a “Próstata Inchada” ou inchaço da próstata crescida é uma das doenças mais prevalentes do homem que consiste em um crescimento benigno do tecido prostático que começa a ocorrer a partir dos 50 anos de idade, tendendo a ser progressivo. Sintomas urinários normalmente estão relacionados ao HPB, em vez de doença maligna (câncer da próstata).
Os sintomas da doença são divididos em 2 grupos: Sintomas da obstrução da próstata – Jato urinário fraco, jato intermitente, hesitação (o paciente se posiciona, mas ocorre demora em iniciar a micção) e gotejamento após terminar de urinar. E alterações na bexiga devido à obstrução da próstata – vontade constante de urinar, levantar-se várias vezes de noite para urinar, urgência para chegar ao banheiro (urgência miccional) em situações comuns e perda urinária (incontinência). “O crescimento da próstata muitas vezes ocorre obstruindo internamente a passagem da urina na saída da bexiga (foto). É como se a saída de uma mangueira estivesse sendo segurada com o dedo. Progressivamente os sintomas vão se agravando e, em sua pior fase, ocorre retenção urinária, que é a interrupção abrupta da capacidade do paciente em urinar,” completa o especialista.
Quem deve ser tratado? Pacientes que estão incomodados com sua micção e apresentam alguns (ou todos) os sintomas de HPB. Também deve ser oferecido tratamento a quem apresenta complicações decorrentes da HPB como infecções urinárias de repetição, sangramentos na urina, dificuldade extrema de urinar (retenção) ou alterações dos rins provocadas pela dificuldade de esvaziamento da bexiga.
No caso do presidente Michel Temer precisou existir uma desobstrução inicialmente com uma sonda, colocada na bexiga, para esvaziar a urina. Esse é sempre o primeiro tratamento para alivio da dor e da pressão da bexiga. O tratamento pode ser a base de medicamentos via oral ou por cirurgia que visa diminuir o volume interno da próstata.




Dr. Danilo Galante - UROLOGISTA Clinica MedPrimus.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados