Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

10 receitas veganas para as festas de fim de ano




Pratos sem nenhum ingrediente de origem animal podem compor uma bela mesa de confraternização, ceia de Natal ou noite de Ano Novo. Veja dez receitas veganas deliciosas e fáceis

Nas festas de fim de ano - época de celebrar o amor e a compaixão - reinam nas mesas das famílias, paradoxalmente, os animais assados. Peru, porco e bacalhau são alguns dos mais comuns nessa época. Mas não precisa ser assim. Para quem quer passar as festas de fim de ano sem comer carnes ou outros produtos de origem animal - ou simplesmente quer preparar uma boa opção para aqueles primos que são vegetarianos ou veganos -, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), em parceria com o blog Presunto Vegetariano, separou algumas receitas deliciosas e super fáceis de preparar.


Fim de ano é época de celebrar o amor e a compaixão. Para quem quer passar as festas de fim de ano sem comer animais ou seus derivados - ou simplesmente quer preparar uma boa opção para aqueles primos que são vegetarianos ou veganos -, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), em parceria com o blog Presunto Vegetariano, separou algumas receitas deliciosas e super fáceis de preparar.

Iniciativa: Sociedade Vegetariana Brasileira
Receitas e fotos: Presunto Vegetariano


Rocambole Assado de Lentilha e Quinoa


Ingredientes:

1 xícara (de chá) de lentilha crua
1 e 1/2 xícara (de chá) de água
2 folhas de louro
1/4 de xícara (de chá) de quinoa em grãos
3 colheres (de sopa) de azeite
5 dentes de alho bem picados
1 xícara (de chá) de cebola bem picada
2 colheres (de sopa) de suco de limão
1 colher (de sopa) de orégano desidratado
1/2 colher (de chá) de cominho (opcional)
1/2 xícara (de chá) de aveia em flocos
1/2 xícara (de chá) de farinha de trigo integral
Sal a gosto


Modo de preparo:

Coloque a lentilha em uma vasilha, cubra com o dobro de água e deixe de molho por 8 horas. Escorra, lave bem e coloque em uma panela, juntamente com 1 e 1/2 xícara de água e as folhas de louro e deixe cozinhar.

Enquanto isso, coloque a quinoa em uma vasilha pequena, cubra com água quente e deixe de molho por 2 minutos. Escorra lave bem e reserve.

Quando a lentilha estiver quase sem água, retire as folhas de louro, adicione a quinoa, misture e deixe cozinhar até a água do cozimento secar completamente.

Em seguida, adicione o azeite, o alho, a cebola, o suco de limão, o cominho, o orégano e tempere com sal a gosto. Misture bem e deixe cozinhar por cerca de 3 minutos, mexendo sempre para não queimar.

Desligue e acrescente a farinha de trigo integral, a aveia em flocos, misture bem e deixe esfriar completamente, para não atrapalhar a montagem (vai levar cerca de uma hora e meia).

Enquanto isso, prepare o molho de tomate e o purê conforme o seu gosto. Também cozinhe 6 unidades de vagem e 6 palitos grandes de cenoura em água fervente por 5 minutos. Escorra e reserve.

Pré aqueça o forno a 240ºC e coloque uma folha de papel manteiga com cerca de 40cm sobre uma superfície limpa. Distribua a mistura de lentilha e quinoa até formar um retângulo com cerca de 30cmx20cm e aperte bem, ajeitando as laterais.

Dê 2cm de distância da borda e distribua uma camada de purê. Disponha a vagem e a cenoura sobre ele e em seguida enrole o rocambole. Procure deixar o rocambole bem firme, e para isso aperte bem.

Unte uma assadeira antiaderente com uma colher de sopa de óleo, disponha o rocambole sobre ela, ajeite as laterais e pincele óleo sobre toda a superfície dele.

Leve para assar por 30 minutos a 240ºC e em seguida retire do forno. Cubra o rocambole com metade do molho e deixe a outra parte para a hora que for servir.
Devolva ao forno por mais 10 minutos e está pronto! Regue com azeite para servir.


Para a montagem:

2 xícaras de molho de tomate conforme o seu gosto (para a montagem)
1 xícara (de chá) de purê de batatas conforme o seu gosto
6 unidades de vagem grandes
6 palitos de cenoura
Papel Manteiga, papel alumínio ou plástico
Óleo


Dicas
  • Você pode fazer a massa de lentilha e quinoa no dia anterior da sua ceia e deixar em uma vasilha fechada, na geladeira, para montar no dia seguinte. Eu fiz e deu certo, apenas mexi um pouco antes de por sobre o papel manteiga. Caso a sua massa ficar um pouco ressecada regue com um fiozinho de azeite.
  • Não testei com grão-de-bico ou feijão branco, então não sei dizer se a substituição é possível… Como são ingredientes que ficam diferentes depois de cozidos, pode ser que fique mais seco (no caso do grão-de-bico) ou mais pastoso (no caso do feijão branco), mas só testando para ter certeza.
  • Esta receita serve muito bem 6 pessoas, e você pode servir seu rocambole junto de arroz, maionese, salada, farofa…
  • Como somos apenas 2 e fiz alguns testes, sobrou um pouco de rocambole aqui. Na geladeira ele aguentou 3 dias bem fechadinho em um pote. Para servir eu fatiei e esquentei na frigideira em fogo baixo com um fio de azeite. Também congelei, mas ficou apenas 2 semanas lá. Para servir, tirei do freezer, esperei descongelar e esquentei também na frigideira, fatiado.


 
Estrogonofe de Palmito


Ingredientes:

1 xícara (de chá) de aveia em flocos
2 xícaras (de chá) de água filtrada
4 dentes de alho bem picados
1/2 xícara (de chá) de cebola bem picada
300g de palmito picado (um vidro) – usei o pupunha
100g de cogumelos champignon fatiados
2 xícaras (de chá) de molho de tomate
1/2 xícara (de chá) de água
2 colheres (de sopa) de mostarda amarela
1 xícara (de chá) de salsinha picada
Sal a gosto


Modo de preparo:
Em um liquidificador, coloque a aveia e a água e deixe de molho por meia hora. Bata por um minuto e em seguida coe. Reserve.

Coloque um fio de óleo em uma panela em fogo médio, e refogue o alho e a cebola até ficarem levemente dourados. Acrescente o palmito e o champignon, tempere com sal a gosto e refogue rapidamente por alguns minutos. Adicione o molho de tomate, a água, a mostarda e misture. Corrija o sal se necessário, abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Acrescente o leite de aveia e misture bem.
Adicione a salsinha picada, misture e desligue. Está pronto!


Dicas
  • Se preferir, use creme de leite de soja ou leite de coco no lugar do leite de aveia. Não use muito leite de coco, pois o gosto dele é marcante e pode deixar o estrogonofe forte.
  • Aqui no blog temos receita de estrogonofe de grão-de-bico (receita aqui), de berinjela (aqui), de pts (aqui), de salsicha de soja (aqui).
  • Você pode adicionar mais tipos de cogumelos, como shiitake, paris…
  • Eu usei aqueles molhos de tomate vendidos em recipientes de vidro, que são mais saudáveis que os de pacote. Mas você pode usar caseiro ou os de pacote ou os de lata.
  • Guarde na geladeira por até 3 dias. O estrogonofe pode ser congelado também.



 Salpicão Vegano


Ingredientes:

1 xícara (de chá) de cenoura ralada
1/2 xícara (de chá) de maçã verde picada
1/2 xícara (de chá) de milho em conserva
1/2 xícara (de chá) de salsão bem picado
1/2 xícara (de chá) de azeitonas picadas
1 xícara (de chá) de cubinhos de batata cozidos
1 xícara (de chá) de ervilha
1/2 xícara (de chá) de uva passa
1 xícara (de chá) de carne de jaca desfiada (opcional – veja como preparar aqui)
1/2 xícara (de chá) de maionese vegana (usei esta de alho aqui)
1 colher (de sopa) de mostarda
Suco de meio limão
1/2 xícara (de chá) de salsinha e cebolinha picadas
Sal e pimenta moída a gosto
Batata palha (opcional)


Modo de preparo:

Lave e pique os ingredientes conforme a descrição. Também cozinhe os cubinhos de batata em água quente até atravessar uma faca com facilidade. Para preparar o salsão, retirei a casca com uma faca e depois piquei bem.

Em uma vasilha grande, coloque a cenoura ralada, a maçã verde picada, o milho, o salsão, a azeitona picada, os cubinhos de batata cozidos, a ervilha, a uva passa e se quiser acrescente a carne de jaca desfiada.

Adicione a maionese vegana de sua preferência, a mostarda, o suco de limão, a salsinha e cebolinha picadas e tempere com sal e pimenta moída a gosto. Misture bem, cubra com um plástico e leve a geladeira por pelo menos duas horas antes de servir.

Coloque em uma travessa bonita e se quiser salpique batata palha por cima. Está pronto!



Dicas
  • Neste salpicão eu usei a “carne” de jaca, mas você pode fazer sem, usar nata de soja desfiada (gosto muito da que a Goshen vende), tofu defumado desfiado ou castanha de caju no lugar dela.
  • Esta receita não tem erro, você pode colocar mais ou menos dos ingredientes, depois é só acertar o tempero.
  • Eu usei a maionese de alho que ensinei aqui no canal, mas você pode usar outra, seja ela comprada pronta ou caseira. Aqui no blog temos esta de castanha de caju (veja aquiensinei junto com a receita de salada de macarrão) e a de tofu (veja aqui), que também podem ser usadas no preparo deste salpicão.
  • Guarde na geladeira por no máximo 3 dias, bem fechadinha em um pote, e de preferência sem a batata palha, pois ela murcha.




Tomate Recheado com Proteína de Soja e Lentilha

Ingredientes:

2 dentes de alho grandes picados
1/2 cebola média picada
1 xícara (de chá) de lentilha
1 e 1/2 xícara (de chá) de proteína de soja texturizada
Suco de 1 limão Taiti
5 azeitonas picadas
6 folhas de manjericão picadas
1 xícara (de chá) de cheiro verde picado
6 tomates caqui de tamanho grande
Páprica picante a gosto (eu usei cerca de 1 colher de chá)
Azeite a gosto
Sal a gosto

Modo de preparo:

Primeiramente separe as lentilhas que estiverem ruins do restante, e em seguida lave-as em uma peneira. Pique os ingredientes e hidrate a proteína de soja até ficar macia, em seguida escorra a água e reserve.

Refogue o alho em um fio de azeite, depois acrescente a cebola e deixe dourar; em seguida adicione a lentilha e tempere com sal. Refogue em fogo baixo e acrescente 3 xícaras (de chá) de água e tampe a panela. Deixe a mistura fervendo até a água estiver quase seca, isso levará em média 15 minutos, e junte a proteína de soja com as lentilhas. Mexa bem, coloque mais um fio de azeite, acrescente o limão, as azeitonas e tempere com mais sal caso julgue necessário. 

Tampe a panela novamente e deixe refogando por mais 5 minutos. (Fique de olho para a mistura não queimar.) Em seguida adicione a páprica, o manjericão e o cheiro verde, mexa bem e desligue o fogo. Reserve.

Corte a tampa superior do tomate (aquela onde ficam as folhinhas) e com o auxílio de uma colher de chá, retire a polpa e sementes, deixando o tomate oco; é bem fácil. Tempere cada tomate com um pouquinho de sal e azeite, esfregando as laterais por dentro com o auxílio do dedo.

Distribua o recheio entre os tomates.

Unte uma assadeira com um pouco de azeite e disponha os tomates.

Asse em forno médio pré-aquecido por 20 minutos ou até o tomate ficar murchinho. Sirva quente.

Espero que gostem da receita, e bom apetite!





Salada de Alho Poró, Maçã Verde e Tofu


Ingredientes:

1 e 1/2 xícara (de chá) de alho poró cortado bem fininho
1 xícara (de chá) de tofu firme cortado em cubinhos
1 xícara (de chá) de maçã verde picada
1/2 xícara (de chá) de salsinha picada
1/3 de xícara (de chá) de maionese de alho vegana (ou outra que preferir). Veja a receita da maionese aqui.
1 colher (de sopa) de mostarda amarela
Suco de um limão Taiti
Sal a gosto


Modo de preparo:

Em uma vasilha, coloque todos os ingredientes e misture bem. Está pronto! Super fácil, né?


Dicas
  • Nesta receita, a quantidade de ingredientes não é muito importante, você pode adicionar mais ou menos ingredientes conforme o seu gosto.
  • Você pode usar maçã vermelha, tipo a fugi ou a gala, no lugar da verde.
  • No lugar da salsinha você pode adicionar hortelã fresca picada.
  • No lugar da maionese, você pode temperar apenas com azeite.
  • Guarde na geladeira, em uma vasilha fechada por no máximo 3 dias.





Seitan ao Molho Madeira


Ingredientes:

Seitan:
(Aprendi no blog Cozinha Vegana)
4 xícaras (de chá) de farinha de trigo branca
1 e 1/2 xícara (de chá) de água
água para deixar de molho e para lavar

Molho para o cozimento:
2 colheres (de sopa) de óleo
3 dentes alho picados
1/2 xícara (de chá) de cebola picada
3 dedos de gengibre cortados (+- 3cm)
1 folha de louro
1/3 de xícara (de chá) de molho tomate
1/2 xícara (de chá) de shoyu
1 e 1/2 xícara (de chá) de água

Molho Madeira:
Molho para o cozimento (receita acima), mas coado (passe em uma peneira para tirar os pedaços dos outros ingredientes e ficar só o caldo)
1/4 de xícara (de chá) de vinho tinto seco (procure uma marca sem isinglass)
1/3 de xícara (de chá) de champignon picados
1 colher (de sopa) de amido de milho misturada com 2 colheres (de sopa) de água


Modo de preparo:

Seitan
Coloque a farinha de trigo e a água em uma vasilha e sove por 10 minutos, até obter uma mistura homogênea. Faça uma bolinha com a massa, cubra com água e deixe de molho por 8 horas. Passado este tempo, coloque esta massa em um escorredor (sobre uma bacia também), e lave até a água sair transparente. (Veja o vídeo)
Deixe o seitan no escorredor, enquanto isso prepare o molho.

Molho para o cozimento

Em uma panela de pressão, coloque o óleo e refogue o alho e a cebola até ficarem dourados. Adicione o gengibre picado, o molho de tomate, o shoyu, a água e a folha de louro e deixe ferver. Quando estiver fervendo, coloque o seitan, jogue um pouco do caldo sobre ele e tampe. Deixe cozinhar por 20 minutos depois que pegar pressão e desligue.

Coloque o seitan com o caldo em uma vasilha, tampe e deixe marinando na geladeira por 8 horas. Para absorver melhor o molho, faça alguns furinhos nele. Retire o seitan do molho e corte-o em pedaços.

Em uma frigideira com cerca de 2 colheres de sopa de óleo, frite estes pedaços de seitan até ficarem douradinhos. Organize em uma travessa que possa ir ao forno e reserve.

Molho Madeira

Coe o molho do cozimento e coloque-o em uma panela. Adicione o vinho, o champignon e o amido de milho com a água. Misture e deixe ferver.

Jogue este molho sobre os pedaços de seitan da travessa e leve para assar a 240ºC por 30 minutos, e na metade do tempo, regue o seitan com o molho.

Coloque o seitan no prato em que será servido e está pronto!


Dicas

  • Não se assuste, vai bastante água para lavar o seitan. Uma dica é deixar uma bacia embaixo e ir lavando aos poucos, como fiz no vídeo. A bacia e o escorredor também ajudam a não se perder pedaços de seitan durante a lavagem.
  • Você pode fazer um outro molho se preferir, mas procure fazê-lo bem saboroso para o seitan ficar bem temperado.
  • Fiz uma versão 50% integral com esta receita da Bela Gil e gostei bastante também. Você pode usar esta receita se preferir; veja a receita aqui.
  • Você pode assar o seitan inteiro, com o molho madeira, porém eu achei que ele frito e fatiado ficou com uma textura melhor e mais saboroso ainda.
  • Na receita de molho madeira é usado o caldo de carne, com vinho, champignons, aí substitui este caldo pelo molho do seitan.



Farofa Natalina (com frutas e castanhas)

Ingredientes:

2 dentes de alho picados
1/2 xícara (de chá) de cebola picada
1/3 de xícara (de chá) de azeitonas picadas
1/2 xícara (de chá) de figos em calda picados
1/2 xícara (de chá) de pêssegos em calda picados
1/2 xícara (de chá) de uvas passas
3/4 de xícara (de chá) de farinha de mandioca torrada
1/2 xícara (de chá) de castanhas de caju torradas
1 xícara (de chá) de salsinha picada
Sal a gosto


Modo de preparo:

Em uma panela em fogo médio, coloque um fio de óleo e refogue o alho e a cebola até ficarem levemente dourados. Acrescente as azeitonas e refogue um pouco. Adicione os figos e os pêssegos picados e as uvas passas, tempere com sal a gosto, misture e refogue por um minuto. Adicione a farinha de mandioca torrada, misture para envolver os outros ingredientes e por fim, acrescente as castanhas de caju e a salsinha picada. Misture e corrija o sal se necessário. Está pronto!


Dicas
  • Nesta receita, a quantidade de ingredientes não é muito importante, você pode adicionar mais ou menos ingredientes conforme o seu gosto.
  • Se você quiser uma farofa mais molhadinha, é só adicionar 1/2 laranja espremida, logo depois que adicionou as frutas.
  • Você pode usar abacaxi em calda no lugar de uma das outras frutas.
  • No lugar da castanha de caju, você pode usar amendoins ou castanha do pará picada.
  • Guarde em uma vasilha fechada na geladeira por no máximo 3 dias. Esquente no microondas ou rapidamente em fogo baixo quando for servir.



Pavê de Pêssegos

Ingredientes:

3 xícaras (de chá) de leite de amêndoas (Veja a receita do leite de amêndoas aqui)
4 colheres (de sopa) de açúcar cristal ou demerara
1/4 de colher (de chá) de essência de baunilha ou mais se você preferir
1/2 xícara (de chá) de água misturada com 4 colheres (de sopa) de amido de milho
1/2 de xícara (de chá) de leite de coco
1 lata de pêssegos em calda (cerca de 450g de peso drenado)
1 pacote de bolachas tipo maisena


Modo de preparo:

Em uma panela em fogo médio, coloque o leite de amêndoas, o açúcar e a essência de baunilha. Misture e deixe ferver. Abaixe o fogo e adicione o amido de milho misturado na água, misture e deixe engrossar. Desligue e acrescente o leite de coco e misture. Reserve.

Pique os pêssegos em calda em fatias finas, reserve também.


Molhe bolachas maisena na calda do pêssegos e monte o pavê intercalando camadas de bolacha, creme e pêssego. Finalize com uma camada de creme para poder decorar.

Você pode montar esta receita em tacinhas individuais ou em uma travessa grande (veja a montagem no vídeo), lembrando que quanto mais alta e estreita sua travessa for, mais camadas seu pavê terá.

Se você for montar na travessa, evite colocar muito creme entre as camadas, senão ficará muito mole e difícil de cortar. Nas tacinhas, como vai ser o pavê vai ser comido de colher, não terá este problema. O rendimento dependerá da quantidade e tamanho das taças que você tiver e quantidade de ingredientes que colocar em cada uma. Mas esta receita serve em média 4 pessoas.

Cubra e leve à geladeira por pelo menos 8 horas antes de servir.


Dicas
  • Você pode usar o leite de coco caseiro (veja aqui), o de amendoim (aqui), o de castanha do pará (aqui) e o de soja para preparar este pavê.
  • Existem bolachas do tipo maisena veganas, só ficar atento aos ingredientes da embalagem.
  • Eu gosto de deixar o pavê descansando na geladeira por 24 horas antes de servir, mas caso você estiver com pressa, a partir de 8 horas/10 horas já está ótimo!
  • A minha travessa tinha 25cm x 7cm de altura.
  • O ideal é consumir em 2 ou 3 dias; guarde na geladeira em uma vasilha fechada.



Panetone e Chocotone

Ingredientes:

Esponja
3/4 de xícara (de chá) de farinha de trigo
10g de fermento biológico seco (1 colher de sopa)
1/2 xícara (de chá) de água morna (120ml)

Panetone e Chocotone

2 e 1/2 xícaras (de chá) de farinha de trigo
5 colheres (de sopa) de açúcar cristal
1/2 colher (de chá) de sal
2 colheres (de sopa) de lecitina de soja em emulsão
1/2 xícara (de chá) de água morna (120ml)
2 colheres (de chá) de essência de baunilha
1 colher (de sopa) de raspas de laranja
4 colheres (de sopa) de margarina vegetal em temperatura ambiente
1 colher (de sopa) de margarina vegetal derretida para pincelar nas formas e nos panetones
2 formas para panetone de 500g
3/4 de xícara (de chá) de frutas cristalizadas e uvas passas misturadas
3/4 de xícara (de chá) de chocolate meio amargo picado


Modo de preparo:

Antes de tudo, prepare a esponja.  Coloque a farinha, o fermento e a água morna (não pode estar muito quente) em uma vasilha (não coloque em uma vasilha muito pequena, porque esta massa triplicará de tamanho), misture bem, até ficar uma massa grossa e tampe bem com plástico filme.
Deixe descansar por 30 minutos. Enquanto isso, prepare os outros ingredientes (separe as quantidades dos ingredientes a serem usados, pique o chocolate e raspe a laranja.)

Derreta uma colher de sopa de margarina vegetal no microondas ou no fogão e pincele nas formas. Guarde o que sobrou para pincelar nos panetones.

Em uma vasilha grande, coloque a farinha de trigo, o açúcar, o sal e misture. Adicione a lecitina de soja em emulsão, a água morna (também não pode estar muito quente), a essência de baunilha, acrescente a esponja e as raspas de laranja. Misture bem e vá adicionando a margarina vegetal aos poucos; sove a massa por 10 minutos.

Unte as mãos com um fio de óleo e divida a massa em duas partes iguais. Se você for fazer só panetone ou só chococote, não precisa dividir e use 1 e 1/2 xícara do ingrediente escolhido, ao invés de 3/4 e 3/4.

Coloque as frutas cristalizadas e as uvas passas em uma das metades e o chocolate na outra, misture bem até os ingredientes estarem incorporados à massa.

Disponha estas massas nas formas de panetone e dê uns soquinhos leves para acomodá-las. Pincele o restante da margarina vegetal nas massas e coloque estas formas em uma assadeira.
Cubra com 2 panos de pratos grossos e deixe descansar por 2 horas.

Pré-aqueça o forno a 210ºC por pelo menos 20 minutos.

Coloque 1 e 1/2 xícara (de chá) de água quente em uma assadeira pequena. Passada as duas horas, retire os panos de pratos dos panetones e leve para assar juntamente com a assadeira com água quente. Se seu forno tiver duas grades, coloque a assadeira com água embaixo, ou se tiver apenas uma, como a minha, coloque atrás.

Deixe os panetones assarem por 35~40 minutos ou até ficarem douradinhos. Com cuidado para não se queimar, levante um deles com o auxílio de um pano e bata no fundo do panetone. Se fizer um barulho de oco, estará assado.

Espere esfriar para cortar ou guardar. Está pronto!



Informações
  • A lecitina de soja substitui o ovo em pães; na receita que eu adaptei iam 2 ovos, por isso usei 2 colheres de sopa. Ela também ajuda a dar mais maciez à massa e também durabilidade. Você pode comprá-la em lojas de produtos naturais, armazéns de secos e molhados e casas de doces. Paguei 20 reais em um pote de 300g, mas ele durou por todos os meus 8 testes. Lembre-se é lecitina de soja em emulsão! Comprei da marca Grings.
  • Existe a lecitina de soja em pó e granulada também, a granulada é usada para suplementar a alimentação. A em pó também tem uso culinário, mas como nunca testei não sei dizer a quantidade para substituir um ovo. Caso você souber, compartilhe aqui?
  • Existem margarinas vegetais sem leite, mas é importante sempre ler a lista de ingredientes, pois podem mudar. Até pouco tempo eu comprava a Delícia Canola e não tinha leite na composição; recentemente o ViSta-se compartilhou que a margarina Soya Cremosy também não tem. Há a Becel, porém é da Unilever, que infelizmente faz testes em animais. Ainda não consegui testar com óleo, infelizmente não sei dizer se o resultado é o mesmo.
  • Da mesma forma existem chocolates sem leite. Atualmente compro Harald Melken (Meio amargo e Dark) e Cacau Show, pois são as opções que encontro na minha cidade. Ambas têm traços de leite. Veja outras marcas sem leite aqui. Lembrando novamente a importância de ler a lista de ingredientes, pois podem mudar de uma hora para outra.
  • Tentei usar chia e linhaça trituradas, mas elas não deram o mesmo efeito da lecitina, infelizmente. Sempre opto por opções mais práticas, mas desta vez não deu. A lecitina deixa muito mais macio, mas pensando pelo lado bom, é um ingrediente que durará muito!
  • A mistura de essência de baunilha com raspas de laranja elimina o uso da essência de panetone.
  • Assar um pão com uma forma com água dentro do forno ajuda a deixá-lo mais fofinho.
  • Feche janelas e evite a circulação de vento no local onde a esponja e o panetone estão descansando.
  • Pré-aqueça o forno com pelo menos 20 minutos de antecedência para ele estar quentinho quando os panetones forem pra lá.


Dicas
  • Recomendo o uso de xícaras e colheres medidoras para a quantidade ficar mais precisa. É bem baratinho e vende em lojas de 1,99. A xícara que eu uso tem 240ml e a colher de sopa 15ml.
  • Em dezembro de 2016, testei esta receita com óleo e deu certo também.
  • A nutricionista Cristiane Parizotti compartilhou em seu Instagram (veja o post aqui) que usou farinha integral no lugar da branca e deu certo.
  • Caso você não achar as formas de panetone, você pode fazer nas de cupcake. Esta receita rende 12 cupcakes, e é só dividir a massa entre as forminhas. Só asse em menos tempo, pois são menores, em 25 minutos já estarão assados. São ótimas opções para presentear!
  • Evite assar demais os panetones, senão ficarão ressecados e perder a maciez.
  • Se você tiver uma grade para biscoitos, coloque os panetones para esfriarem nela.
  • Coloque no máximo uma xícara de frutas ou de chocolate, se você preferir com mais; senão corre o risco do seu panetone ficar pesado e muito doce.
  • Caso não achar chocolate meio amargo sem lactose, pode usar o amargo.
  • Se as frutas cristalizadas estiverem muito doce você pode lavar elas. Coloque em uma caneca com água e deixe ferver. Desligue, escorra e seque bem com papel toalha.
  • Guarde em embalagem bem fechadinha por até 3 dias; mas comer no mesmo dia ou até no seguinte ele estará mais fofinho que nos dias seguintes!



Torta de Rabanada


Ingredientes:

2 colheres (de sopa) de sementes de linhaça
6 colheres (de sopa) de água
4 colheres (de sopa) de açúcar demerara ou cristal (para salpicar)
1 colher (de chá) de canela em pó (para salpicar)
3 pães franceses médios bem picados (cerca de 200g)
1/3 de xícara (de chá) de castanha-do-Para picada
1/3 de xícara (de chá) de uvas passas
2 bananas nanicas cortadas em rodelas
2 xícaras (de chá) de leite de amêndoas (veja a receita aqui)
2 colheres (de sopa) de açúcar demerara ou cristal
1 colher (de chá) de essência de baunilha
1 colher (de sopa) de amido de milho


Modo de preparo:

Em um liquidificador coloque a linhaça e bata até triturar bem. Adicione a água, bata rapidamente para misturar e deixe de molho por 15 minutos.

Pré-aqueça o forno a 210ºC e unte bem uma assadeira antiaderente com óleo (eu usei o de coco). Misture as 4 colheres de açúcar demerara (ou cristal) com a canela em pó e salpique metade sobre a assadeira.

Pique os pães em pedaços pequenos e coloque sobre a assadeira. Adicione a castanha-do-Para picada e as uvas passas. Se gostar, acrescente as bananas cortadas em rodelas. Reserve.

Coloque no liquidificador (junto com a linhaça hidratada) o leite de amêndoas, as 2 colheres de açúcar, a essência de baunilha e o amido de milho.

Bata bem e em seguida jogue sobre os ingredientes da assadeira.

Ajeite com uma colher e salpique o restante do açúcar com canela por cima. Leve para assar por cerca de 40 minutos ou até formar uma crosta douradinha por cima.

Eu servi com sorvete de banana natural. Bati em um processador 2 bananas nanicas cortadas em rodelas congeladas, ate obter um creme uniforme. (Veja mais receitas de sorvetes de fruta aqui).

Está pronto!


Dicas
  • Existem pães franceses veganos, geralmente a composição é farinha, óleo, água, sal e fermento. Mas é sempre bom verificar com a padaria que você compra o seu pão a composição.
  • Eu não recomendo usar o pão de forma, pois ele é muito fofo e pode despedaçar. O resultado não ficará o mesmo com ele.
  • No lugar do leite de amêndoas você pode usar o de coco (veja a receita aqui), de amendoim (veja a receita aqui) ou de soja. Não testei com o de aveia ainda, mas acho que dá certo também.
  • Se quiser, ao invés de usar banana você pode por pedacinhos de maçã picada, da mesma forma que no lugar da castanha-do-Para você pode usar nozes, castanha de caju…

1.8 bilhão de pessoas continuam bebendo água potável sem proteção contra a contaminação por fezes

No âmbito do Dia Mundial do Banheiro, a Fundação We Are Water, uma iniciativa da Roca, alerta para a falta de acesso de milhões de pe...