Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Nova opção de tratamento para doença de Alzheimer é incorporada ao SUS





O Diário Oficial da União (DOU) publicou, no dia 20 de setembro, a aprovação de incorporação de rivastigmina adesivo transdérmico (Exelon® Patch) no Sistema Único de Saúde (SUS). O medicamento representa mais uma opção de tratamento para pacientes com Doença de Alzheimer.

A rivastigmina é usada no tratamento de distúrbios de memória e demência em pacientes com doença de Alzheimer (DA). Países como Inglaterra, Escócia e Austrália já recomendam o uso dos adesivos de rivastigmina, cujos resultados do estudo clínico2 realizado com mais de 1000 voluntários demonstraram que a apresentação transdérmica é tão eficaz quanto à apresentação oral, e que os adesivos podem apresentar redução de efeitos adversos gastrointestinais.

O estudo incluiu também um questionário visando avaliar a preferência do cuidador ao tratamento com o medicamento via oral ou transdérmica. Dados publicados revelaram que dos 1.059 cuidadores que preencheram o questionário AD Caregiver Preference Questionnaire (ADCPQ)2, mais de 70% demonstraram preferência pelo uso do adesivo. Entre os fatores de preferência registrados pelos participantes estão as facilidades de uso e de seguir uma programação, além de satisfação geral e menor interferência com as atividades diárias.

Estima-se que existam no mundo cerca de 35,6 milhões de pessoas com a Doença de Alzheimer. No Brasil, há cerca de 1,2 milhão de casos, a maior parte deles ainda sem diagnóstico1. A idade é o principal fator de risco para a Doença do Alzheimer. Após os 65 anos, por exemplo, o risco de se desenvolvê-la dobra a cada cinco anos3. Para saber mais, acesse: http://promemoriaonline.com.br/

 
Novartis - www.novartis.com.br


Disclaimer
As informações contidas neste texto têm caráter informativo, não devendo ser usadas para incentivar a automedicação ou substituir as orientações médicas. O médico deve sempre ser consultado a fim de prescrever o tratamento adequado.


Referências

1.      Portal ABRAz – O que é Alzheimer? Disponível em
http://www.abraz.org.br/sobre-alzheimer/o-que-e-alzheimer. Acesso em 5 de setembro de 2016
2.      CONITEC. Consulta Pública: Rivastigmina Via transdérmica (adesivo)Para o tratamento de pacientes com demência leve e moderadamente grave do Tipo Alzheimer. Disponível em <http://conitec.gov.br/images/Consultas/Relatorios/2016/Relatorio_Rivastigmina_Alzheimer_CP15_2016.pdf. Acesso em 5 de setembro de 2016.
3.      Qiu C, Kivipelto M, von Strauss E. Epidemiology of Alzheimer's disease: occurrence, determinants, and strategies toward intervention. Dialogues Clin Neurosci. 2009;11(2):111-28.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados