Pesquisar este blog

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Mais velhos e mais sábios? Relatório da Kaspersky Lab mostra os hábitos on-line dos usuários acima dos 55 anos




A pesquisa mais recente da Kaspersky Lab e da B2B International despertou preocupações sobre a segurança on-line dos usuários com mais de 55 anos de idade. As conclusões da pesquisa, mostradas no relatório ‘Mais velhos e mais sábios? Uma visão das ameaças on-line enfrentadas pelos usuários acima dos 55 anos’, demonstram que as pessoas dessa faixa etária podem ter um comportamento on-line inseguro e frequentemente se tornam vítimas de fraudes.

Esses resultados são preocupantes, pois a pesquisa, que envolveu 12.546 usuários da Internet do mundo inteiro, incluindo o Brasil, sugere que a geração mais idosa é realmente um alvo muito atraente para os criminosos virtuais. Quando estão on-line, muitos usuários acima dos 55 fazem compras, usam bancos on-line e se comunicam com as pessoas queridas, mas não se protegem de maneira efetiva contra criminosos virtuais.

Apesar dessa faixa etária ser mais propensa a instalar softwares de segurança em seus computadores, esses usuários tendem a proteger menos seus dispositivos móveis e não corrigem seu comportamento on-line para manter-se em segurança. Por exemplo, eles usam configurações de privacidade alta nas mídias sociais e nos navegadores menos do que as outras faixas etárias (30% vs. 38%). Também é improvável que usem as funções de segurança fornecidas pelos dispositivos (como a ‘localização do dispositivo’) ou a VPN – 28% e 10%, respectivamente, em comparação com 42% e 16% dos usuários de todas as idades. Ao compartilhar informações, apenas 35% conferem as mensagens antes de enviá-las, e somente 16% evitam compartilhar informações quando estão cansados (em contraste com 44% e 31% entre os participantes mais jovens).

                                  


Com a utilização da Internet em muitas situações cotidianas, a vulnerabilidade diante de criminosos virtuais aumenta, caso continuem suas atividades on-line sem tomar as devidas precauções. Eles usam a Internet para se comunicar com outras pessoas; 94% dos usuários acima dos 55 anos enviam e-mails regularmente. Eles também ficam on-line para realizar tarefas do dia-a-dia. Essa faixa etária é mais propensa que as outras a realizar transações financeiras pela Internet; 90% dos usuários com mais de 55 anos fazem compras e usam bancos on-line (em comparação com a média de 84% dos usuários de todas as faixas etárias).

Andrei Mochola, chefe de negócios ao consumidor da Kaspersky Lab, diz:  “Por um lado, é ótimo ver tantas pessoas com mais de 55 anos de idade usando a Internet para fazer compras, usar bancos on-line e manter o contato com as pessoas queridas. O relatório mostra claramente que essa geração está abraçando a vida conectada e todas as oportunidades que ela oferece. Por outro lado, porém, é óbvio que esses usuários não fazem o suficiente para se proteger adequadamente. É preocupante que eles nem considerem que podem ser alvo de criminosos virtuais, mas se coloquem em perigo repetidamente. ”

Contudo, apesar disso, apenas metade das pessoas acima dos 55 anos de idade (49%) se preocupa com sua vulnerabilidade ao comprar produtos pela Internet, e a grande maioria (86%) não acredita que pode ser alvo de criminosos virtuais. É preocupante que quatro em cada dez (40%) usuários já correram o risco de compartilhar informações financeiras em domínios públicos (em comparação com 15% de todas as faixas etárias).

Sua falta de conhecimento cibernético torna os usuários com mais de 55 anos menos preparados para os perigos do mundo conectado. Segundo o relatório, 20% dos usuários da Internet em geral têm parentes mais velhos que já se depararam com software malicioso, e 14% têm parentes mais velhos que foram enganados on-line por sorteios de prêmios falsos. Além disso, 13% têm parentes mais velhos que compartilharam informações pessoais demais na Internet, e 12% têm parentes mais velhos que foram vítimas de golpes on-line, viram conteúdo inadequado/explícito ou se comunicaram on-line com desconhecidos perigosos.
 “Nós, da Kaspersky Lab, recomendamos insistentemente que os usuários mais velhos da Internet se informem mais sobre os perigos que correm e ajam de maneira mais consciente. Também incentivamos os usuários mais novos a ajudar seus parentes e amigos mais velhos para se protegerem melhor das ameaças reais impostas pelos criminosos virtuais. Estar sempre alerta on-line, além de instalar soluções de segurança confiáveis e definir configurações de privacidade alta em todos os dispositivos usados para acessar a Internet, garantirá uma vida conectada feliz e saudável”, Andrei conclui.



Kaspersky Lab


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados