Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

A proporção é o que importa



Muitas mulheres que buscam os consultórios médicos em busca de seios perfeitos estão, na verdade, com ideias individuais de qual forma as mamas deveriam ter para serem consideradas atraentes. Algumas solicitam próteses de silicone acima da capacidade indicada para o seu biótipo e chegam até a trocar de cirurgião quando este discorda da proporção demandada pela paciente.

A questão dos seios perfeitos pode parecer muito subjetiva, mas, na verdade, não o é. A Sociedade Americana de Cirurgia Plástica realizou uma pesquisa com 1.315 pessoas para tentar descobrir qual seria o formato de mama perfeita, apresentando-lhes 100 fotos de seios naturais e de diferentes proporções. O resultado foi que a maioria dos entrevistados preferiu aquelas com aparência natural do que as que estavam exageradas.

“Diferentes pessoas de raça, gênero e etnia disseram que a proporção ideal do seio é de 45% de seu volume acima do mamilo e 55% abaixo, como uma gota. Essa dimensão reforça o quanto a naturalidade é importante para quem busca uma cirurgia estética e a forma do seio perfeito”, afirma do cirurgião plástico Dr. Francisco Alionis Neto, da capital paulista.

E até a indústria estética já percebeu essa necessidade. Tanto que atualmente é possível encontrar próteses nos mais diferentes formatos e proporções, justamente para se adequar aos gostos e ao corpo feminino. “Certamente o cirurgião plástico é a pessoa mais indicada para avaliar e indicar a melhor escolha do tamanho e formato da prótese, levando em consideração tanto o biotipo quanto as vontades da paciente, buscando a prótese que se adequará perfeitamente tanto aos anseios quanto às proporções físicas, sempre buscando um resultado harmonioso e natural.




Francisco Alionis Neto - Graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, com residências de Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pela Irmandade da Santa Casa de São Paulo e pelo SUS-SP,  especialista em Reconstrução Mamária pelo Hospital da Mulher- Pérola Byington São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC) e da Internacional da American Society of Aesthetic Plastic Surgery (ASAPS). Membro do corpo clínico dos hospitais Albert Einstein, São Luiz, Samaritano, Santa Isabel e São Rafael.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados