Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de novembro de 2013


Exclusivo: Conselho de Ética arquiva 12 de 13 ações contra deputados

Criado em 2001 para analisar e julgar a conduta dos parlamentares, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara jogou quase todo tipo de acusação para a lata de lixo nos últimos dois anos, quando começou o atual mandato dos deputados. Dos 13 casos examinados por seus integrantes de fevereiro de 2011 a outubro deste ano, apenas um processo resultou em pedido de cassação enviado para votação em plenário. Ou seja, em 92% dos casos, o destino dos processos foi mesmo o arquivo. Um percentual impulsionado, sobretudo, por 20 deputados que, de acordo com levantamento do Congresso em Foco, votaram pela absolvição ou pelo arquivamento das denúncias todas as vezes em que foram instados a analisar a conduta de um colega. Na prática, é como se o Conselho de Ética tivesse se reduzido a um “Conselho de Amigos”. Leia a reportagem completa no Congresso em Foco: http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/conselho-de-etica-absolveu-12-de-13-deputados/

perito.med

CUBANADAS NA SAÚDE DO BRASIL

 

 

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

PROFISSIONAL "MAIS MÉDICOS" ENCAMINHA PACIENTE DO SEXO MASCULINO COM (PERDA DE LÍQUIDO AMNIÓTICO - DA GRAVIDEZ)


Sem palavras...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Venham conhecer~>  Pra você com carinho

Mau humor frequente pode ser doença.

Saiba como identificar e tratar.

 
O mau humor não é apenas um problema que atrapalha a convivência social. Quando é muito frequente pode se tratar de uma doença que precisa de tratamento. Chamado distimia, o distúrbio psicológico atinge 3% da população mundial, o que significa cerca de 180 milhões de pessoas no mundo, segundo dados da Organização Mundial de Saúde.

 De acordo com Myriam Durante, psicoterapeuta holística e presidente do IPOM (Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente), por desconhecimento, o mau humor acaba sendo subestimado e não enfrentado como uma doença. “Por acreditar que se trata de um traço de personalidade, quem padece desse distúrbio acaba se acostumando a ser mal humorado e passa a achar normal viver irritado ou aborrecido”, explica a especialista.

Além do mau humor, quem tem distimia, segundo a psicoterapeuta, se sente desmotivado e demonstra sentimentos negativos e impaciência. Os principais sintomas da doença são: mau humor, desânimo, tristeza, pessimismo, baixa autoestima, falta de energia, dificuldades para dormir e se alimentar de maneira saudável, uso de álcool ou drogas.

 “Quem tem distimia não consegue ver o lado bom das coisas. Coloca defeito em tudo, não sabe lidar com imprevistos, se sente injustiçado, leva tudo para o lado pessoal e parece que carrega um grande peso nas costas. Não sabe rir dos problemas e das situações que fogem ao seu controle, sofrendo muito quando algo em seu planejamento não dá certo”, diz Myriam.

 A psicoterapeuta alerta que a doença não pode ser subestimada. Quem apresenta mau humor com muita frequência corre um risco 30% maior de desenvolver depressão ou algum tipo de fobia. Também há um grande risco da pessoa se envolver com drogas ou álcool, na busca ilusória de acabar com a irritação. “O importante é, quando perceber um quadro geral da doença, procurar ajuda médica para diagnosticar o distúrbio. Em muitos casos a ajuda de um bom psicoterapeuta já é capaz de curar a doença. Em outros, mais graves, é necessário também o uso de medicamentos. Praticar atividades físicas que liberam endorfina e serotonina também ajudam a melhorar o humor, além de aumentar a autoestima”, afirma a psicoterapeuta.

 

 
Myriam Durante é psicoterapeuta holística e hipnóloga, além de ser fundadora e presidente do IPOM – Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente. A especialista faz parte do GEH - Grupo de Estudo de Hipnose - ligado ao departamento de psicobiologia da Unifesp, e do ISMA - International Stress Management Association. Nesse ano foi palestrante no 3º Congresso Sul-Americano de Hipnose, o HIPNOSUR, onde apresentou estudos ligados a doenças psicossomáticas. O relaxamento criado pela especialista está no Youtube e já foi visto por mais de 57 mil pessoas em 97 países. Para assistir aos vídeos e saber mais sobre a especialista, acesse o site:   www.myriamdurante.com.br.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

25 de novembro dia internacional contra a violência à mulher
Hoje é o Dia Mundial de Combate à Violência Contra a Mulher!

A data de 25 de novembro de 1960 ficou conhecida mundialmente por conta do maior ato de violência cometida contra mulheres. As irmãs Dominicanas Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas”, que lutavam por soluções para problemas sociais de seu país, foram perseguidas e diversas vezes presas até serem brutalmente assassinadas.
 
A partir daí, 25 de novembro passa a ser uma data de grande importância, principalmente para aquelas que sofrem ou já sofreram violência.

Vale ressaltar que a violência ocorre nos espaços públicos e privados e não é só agressão física que é caracterizada como violência. Agressão psicológica e moral também! A violência interfere na vida, no exercício da cidadania das mulheres e no desenvolvimento da sociedade em sua diversidade.

Se você sofre violência doméstica ou conhece alguém que é vítima, disque 180 e denuncie. Esse serviço telefônico foi criado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres. É seguro e gratuito!

#revistaanamaria   #violenciacontramulher
Hoje é o Dia Mundial de Combate à Violência Contra a Mulher! A data de 25 de novembro de 1960 ficou conhecida mundialmente por conta do maior ato de violência ...cometida contra mulheres. As irmãs Dominicanas Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas”, que lutavam por soluções para problemas sociais de seu país, foram perseguidas e diversas vezes presas até serem brutalmente assassinadas. A partir daí, 25 de novembro passa a ser uma data de grande importância, principalmente para aquelas que sofrem ou já sofreram violência. Vale ressaltar que a violência ocorre nos espaços públicos e privados e não é só agressão física que é caracterizada como violência. Agressão psicológica e moral também! A violência interfere na vida, no exercício da cidadania das mulheres e no desenvolvimento da sociedade em sua diversidade. Se você sofre violência doméstica ou conhece alguém que é vítima, disque 180 e denuncie. Esse serviço telefônico foi criado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres. É seguro e gratuito! ‪#‎revistaanamaria‬ ‪#‎violenciacontramulher

Etiqueta para festas de fim de ano

Mais um ano está chegando ao seu final e dentro de alguns dias começam as comemorações de fim de ano das empresas. Algumas já até começaram. Você sabe como utilizar estes eventos a seu favor? Há uma grande diferença entre uma festa qualquer e a festa da empresa, já que a última pode ser considerada uma extensão do trabalho. Na festa da empresa, todos os seus comportamentos serão observados e comentados no dia seguinte. Por isso, não dê bobeira!
Comporte-se de maneira cordial, é o momento em que você pode falar com pessoas com quem nem sempre fala, puxar um assunto, conhecer, sempre de maneira educada. A informalidade é permitida pela pessoa com quem você está interagindo, mas preste atenção aos sinais do outro para saber o grau de formalidade que você deve usar.

Aproveite para conhecer melhor um chefe ou diretor que você trabalha com certo distanciamento. É claro que não é o momento de ser inconveniente e ficar falando só de trabalho... é uma festa. Você deve mostrar a sua capacidade de discorrer sobre assuntos variados, aquela leitura diversificada e atualizada irá lhe ajudar neste momento.

 A vestimenta é sempre uma dúvida, afinal é o momento de ir um pouco diferente do usual, mas sem chamar atenção demais. Se a festa for de dia, em um sítio, por exemplo, ou em lugar aberto, prefira roupas mais à vontade. As mulheres devem evitar decotes, e podem utilizar uma blusinha diferente, desde que não chame muita atenção. Para os homens, uma camiseta polo cai bem, evite regatas. Prefira tênis a chinelos. Lembre-se: a festa é extensão da empresa.

 Se a festa for à noite, em um restaurante, para as mulheres, recomendo um vestido de cor discreta, sem decote. O vestido não pode ser curto. Mesmo na festa, o importante é você como profissional, não o seu corpo. Para os homens, recomendo calça de sarja ou social, camisa sem gravata. 

 Atenção para a bebida. Beber demais é muito inconveniente. Flertar com colegas de trabalho também é inadequado. Falar demais ou usar roupas chamativas também não é bom. Procure não dançar chamando a atenção nem de forma insinuante e nem levar parentes que não foram convidados para a festa, por exemplo, sobrinhos e afilhados, quando a festa é só para os filhos.

 Leve seu companheiro somente se for permitido. No convite já vem escrito, jantar com acompanhantes, ou algo do gênero. Na dúvida, pergunte discretamente para quem está organizando o evento. Se não vier escrito e o organizador disser que é um evento apenas para funcionários, simplesmente não é para levar, mesmo que o cônjuge queira. Neste caso, você tem duas opções, não ir ou ir sozinho. Levar acompanhante em festa que é para ir sozinho é uma gafe e uma falta de educação com quem a organiza!

 No mais, siga confiante e boa sorte!
 
 Cíntia Bortotto

25 DE NOVEMBRO – DIA NACIONAL DO DOADOR DE SANGUE

O número de doadores no Brasil cresceu, mas isso ainda não é suficiente para manter os estoques, já que muitos bancos de sangue estão em situação crítica.

Tire suas dúvidas e entenda a importância de doar sangue

 
 Os brasileiros, infelizmente, não têm o costume de doar sangue. A OMS (Organização Mundial da Saúde) constatou que o percentual de doadores de sangue no Brasil não chega a 2%. O assunto doação de sangue ainda é pouco discutido, mesmo sendo de extrema importância para a vida.

 Diante desse cenário, é comum as pessoas ainda terem dúvidas tais como: Por que devo doar sangue? Como é o procedimento? Onde posso doar? Quem pode fazer a doação? Se eu doar uma vez terei que doar sempre? O sangue tem prazo de validade? É seguro ou existem riscos?

 Segundo Dr. Nei Marinho, cirurgião plástico e diretor geral do Hospital San Paolo - centro hospitalar de média complexidade localizado na zona norte de São Paulo, o maior problema para que as pessoas não doem sangue é o medo.

 A falta de informação faz com que muitos mitos sejam criados em cima desse assunto como, por exemplo: se eu doar uma vez e não doar mais meu sangue vai engrossar ou até mesmo o meu organismo vai produzir mais sangue do que o normal. “Tudo isso é falso. Caso o doador queira doar apenas uma vez, sem problemas, ele não vai ficar com sintomas ou sequelas desse procedimento, ele apenas vai deixar de ajudar muitos pacientes que precisam receber o sangue”, completa o médico.

 A importância de doar sangue é apenas uma, salvar vidas. “Quando alguém doa sangue está doando um pedaço da sua vida para ajudar a do próximo. Existe uma frase que diz tudo e que muitos já viram pelas ruas de São Paulo, DOAR SANGUE É DOAR VIDA”, explica Dr. Nei.

 Não existe nenhum risco de contaminação para o doador, pois todo material utilizado é descartável. Antes que a pessoa retire o sangue, é feita uma série de perguntas e só quem passa desta fase poderá fazer a retirada de sangue. O sangue coletado passa por uma bateria de análises e se ele for totalmente saudável vai para o hemocentro, caso contrário ele é descartado. No hemocentro ele permanece em temperatura ideal, com toda infraestrutura adequada com geladeiras e freezers próprios para o armazenamento e só é retirado quando um paciente necessita.

 “É importante destacar que todas as pessoas que fazem a doação recebem os resultados do exame. E o sangue quando doado não é identificado com o nome de quem o doou, apenas o tipo sanguíneo”, ressalta Dr. Nei Marinho.

 Veja alguns dos requisitos necessários para que a pessoa possa doar sangue.

Quem pode doar

Pessoas saudáveis, que pesam mais de 50 quilos e maiores de idade.

 

Quem não pode doar

Pessoas que tenham doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas. Usuários de drogas ilícitas injetáveis e que tenham ou já tiveram Malária.

 

O que é janela imunológica?

É o período de impedimento temporário, por exemplo, uma pessoa que fez uma tatuagem há menos de 12 meses não poderá doar sangue, porque pode ser que ela tenha contraído alguma doença e o organismo ainda não há detectou. Isso vale para qualquer atividade de risco como, por exemplo, relações sexuais com vários parceiros em pouco tempo.

Pessoas que tenham tido um resfriado devem esperar uma semana para que se esteja novamente apto à doação. 

É recomendável evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ter ingerido bebidas alcoólicas 12 horas antes.

 

Hospital San Paolo

Rua Voluntários da Pátria, 2786 - Santana

Tel: (11) 3405-8200

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

23/11 - Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil serve de alerta para a importância do diagnóstico precoce


 
A descoberta em estágio inicial viabiliza a cura em 70% dos casos, possibilita tratamento menos agressivo e diminui o número de sequelas

No dia 23 de novembro, é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil. Para lembrar a importância da data, a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE) participa da campanha “Novembro Dourado”, que tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce.

De acordo com a oncologista pediátrica e vice-presidente da SOBOPE, Teresa Fonseca, nos estágios iniciais o tratamento poderá ser menos agressivo, com menos sequelas e melhor qualidade de vida. Apesar disso, ainda é frequente o atraso no diagnóstico. “Vários são os motivos para que isto ocorra, como a demora na procura do serviço médico pela família quando surgem os primeiros sintomas; o grau de  suspeita da possibilidade de câncer tanto pelo leigo como pelo pediatra generalista e outros profissionais de saúde, pois os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil assemelham-se muito  aos das doenças comuns da infância; e a dificuldades de acesso aos meios diagnósticos e ao encaminhamento adequado para centros de referência”.

Ainda segundo a vice-presidente, a campanha também visa sensibilizar os governantes na construção de uma política de saúde pública que contemple as necessidades das crianças e adolescentes com câncer. “Vamos vestir o Brasil de dourado inspirando uma atitude positiva em prol do diagnóstico precoce e melhor qualidade da assistência para obtenção de maiores taxas de cura com qualidade de vida. Convido a todos a usarem o laço dourado no dia 23!”

Segunda causa de morte em crianças no país, o câncer na criança e no adolescente é uma doença de evolução rápida, em geral. De acordo com a vice-presidente, o estabelecimento do fluxo de investigação e encaminhamento do paciente aos centros de referência regionais de forma efetiva deve ser prioritário pelos gestores do sistema de saúde para o tratamento da doença em fase inicial.

Saiba mais sobre a campanha “Novembro Dourado”

Sobre a razão do uso do laço na campanha, trata-se de uma homenagem a Penney Laigen. Em 1970, ela colocou diversos laços amarelos nas árvores em homenagem a seu marido, que lutou pelo exército norte-americano na Guerra do Irã. O laço, então, se transformou em símbolo de união por uma campanha, já que os amigos e familiares de Penney aderiram ao gesto da mulher.

Na campanha “Novembro Dourado” o amarelo tem sentido de demonstrar um sinal de alerta para necessidade de atitudes que levem ao diagnóstico precoce. Já a cor dourada simboliza o “padrão ouro” que necessitam os pacientes de câncer infantojuvenil.

O dia 23 de novembro tornou-se o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil após a aprovação de lei sancionado pela então presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2008.

Hemocentro do Hospital São Paulo comemora o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue


Hemocentro do Hospital São Paulo comemora o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue

Doação segue novas regras do Ministério da Saúde


O Hemocentro do Hospital São Paulo - Hospital Universitário da Unifesp realizará, nos dias 25 e 26 de novembro de 2013, uma comemoração ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, para reforçar a importância deste ato.

A doação de sangue no Brasil segue novas regras, desde 13 de novembro de 2013, quando foi publicada uma normatização do Ministério da Saúde que permite a doação até os 69 anos. Com isso, podem doar sangue indivíduos com idade entre 16 a 69 anos (necessária autorização de responsável se for menor de idade), que tenham mais de 50 quilos e sejam saudáveis, sem antecedentes de risco para a transmissão de doenças como Hepatites e AIDS.

“Nessa mesma normatização, tornou-se obrigatória a realização de testes moleculares para Hepatite C e HIV, que permitem uma maior segurança nas transfusões de sangue”, explica a médica do Hemocentro, Maria Angelica de Camargo Soares.

Para doar, é só comparecer ao Hemocentro, localizado na Rua Diogo de Faria, 824, esquina com a Rua dos Otonis, na Vila Clementino, com um documento com foto. Também é preciso não estar em jejum. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30, e aos sábados, das 8h às 13h. O local tem estacionamento para os doadores. O telefone para contato é (11) 5576-4240 (opção 1).

Sobre o HSP

Em quase 80 anos de atividades – 40 deles, ocupando a posição de um dos melhores centros formadores de médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde do país – o Hospital São Paulo (HSP) atende a todas as especialidades médicas, com foco nos procedimentos de alta complexidade. O HSP é responsável pela cobertura de uma área com mais de 5 milhões de habitantes na Grande São Paulo, além de atender pacientes de outros Estados.

A cada mês, o HSP realiza mais de 61 mil atendimentos ambulatoriais e 68 mil no serviço de emergência, 2.430 internações, 3 mil cirurgias e 302 mil exames laboratoriais. Reconhecido pelos ministérios da Saúde e Educação como hospital universitário (HU) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) em 2004, abriga 91 programas de residência médica e 11 de residência multiprofissional. Ao lado de uma intensa atividade assistencial, o HSP também se destaca pela vasta produção científica, o que o qualifica como uma instituição de excelência tanto no cenário nacional quanto internacional.

Em 2012, a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), mantenedora do HSP, cedeu, por 25 anos, as instalações do HSP à Universidade para as atividades acadêmicas, assistenciais e de pesquisa da Escola Paulista de Medicina/Unifesp.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

BLOOD MONEY - ABORTO LEGALIZADO


BLOOD MONEY - ABORTO LEGALIZADO: EXIBIÇÃO
SUPERA EXPECTATIVA EM VÁRIAS CIDADES BRASILEIRAS
 
3.495 pessoas ou média de 400 pessoas por sala. Este foi o número de espectadores do primeiro final de semana de exibição do documentário Blood Money - Aborto Legalizado, lançando no último dia 15, em cinemas de nove cidades.
Sidney Girão, da Estação Luz Filmes, produtora cinematográfica detentora dos direitos de exibição e distribuição do documentário no Brasil, diz que "o número ficou acima das expectativas, considerando, particularmente, o fato de o final de semana ter incluído o último feriado do ano e o fato de que o filme teve, em algumas praças, poucos e inconvenientes horários".
O executivo complementa, ainda, que, a exemplo de todos os circuitos de exibição do filme, alguns mercados tiveram mais aceitação do que outros. "É o caso, por exemplo, do Brasília, Rio, Recife, Belém e Fortaleza, nos quais praticamente todas as sessões ficaram lotadas nos três dias", diz.
Blood Money - Aborto Legalizado segue em exibição nesta semana, em São Paulo (Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca - Sala 6), Rio de Janeiro (Espaço Itaú de Cinema Botafogo - Sala 3), Goiânia (Lumiére Boungainville - Sala 3), Brasília, Brasília (Espaço Itaú de Cinema Brasília - Sala 7), Belém (Moviecom Pátio Belém - Sala 1), Curitiba (Espaço Itaú de Cinema Curitiba - Sala 1), Salvador (Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha - Sala 4), Recife ( Moviemax - Cine Rosa e Silva - Sala 1) e Fortaleza (Centerplex Via Sul Shopping - Sala 5).
O conteúdo do documentário
O documentário de Kyle trata do funcionamento legal desta indústria nos Estados Unidos, mostrando de que forma as estruturas médicas disputam e tratam as clientes, os métodos aplicados pelas clínicas e o destino do lixo hospitalar, entre outros temas, de forma muito realista.
Blood Money - Aborto Legalizado traz, ainda, depoimentos de médicos e outros profissionais da área, de pacientes, cientistas e da ativista política, Alveda C. King, sobrinha do pacifista Martin Luther King, que também apresenta o documentário. Dra. Alveda é envolvida em discussões sobre o mecanismo de controle racial nos EUA - o maior número de abortos é realizado nas comunidades negras.
 
 
 
                                   

Genoino receberá salário integral até janeiro

Genoino receberá salário integral até janeiro

Licenciado desde julho, suplente de deputado receberá R$ 26 mil até o vencimento de sua licença médica, quando a Câmara deverá decidir sobre o seu pedido de aposentadoria por invalidez. Petista já se aposentou por tempo de contribuição

Afastado do mandato de deputado desde o final de julho, José Genoino (PT-SP) continua recebendo o salário integral de R$ 26,7 mil mesmo sem ser o titular do cargo. Condenado a seis anos e 11 meses de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão, o petista está preso desde sábado em Brasília. De licença médica na Câmara, ele aguarda decisão da Casa sobre seu pedido de aposentadoria por invalidez, o que só deve ocorrer em janeiro. Até lá, também deve ser definido o destino dos mandatos de Genoino e dos outros três deputados condenados na Ação Penal 470.
Em 25 de julho, Genoino foi internado às pressas no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após se sentir mal em Ubatuba (SP). Ao ser atendido, os médicos constataram o rompimento de uma das camadas da aorta, uma das artérias do coração. Submetido a uma cirurgia de emergência, está licenciado do mandato de deputado desde então. Em 5 de setembro, o petista entrou com pedido de aposentadoria integral e de licença médica por quatro meses.
Com isso, ele manteve o cargo, mesmo não sendo o titular, e abriu espaço para um novo suplente. Em agosto, uma junta médica da Câmara o visitou em São Paulo, quando estava internado no Hospital Sírio Libanês. O resultado dos exames não foi divulgado por sigilo médico. De acordo com a Diretoria-Geral da Câmara, somente em 14 janeiro de 2014, quando termina a licença, é que um parecer será elaborado e entregue ao presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).
Como se trata de um parecer técnico, a tendência é que o presidente apenas confirme a decisão dos médicos. Dessa forma, se não for cassado antes pela Casa, poderá se aposentar com salário integral. Genoino assumiu o mandato no início do ano após Carlinhos Almeida (PT-SP) ser eleito prefeito de São José dos Campos (SP). Com a saída dele, Vanderlei Siraque (PT-SP), primeiro suplente da coligação, virou titular. E o ex-presidente do PT entrou na vaga deixada quando Aldo Rebelo (PCdoB-SP) foi nomeado ministro do Esporte.
Por conta do desempenho abaixo do esperado nas eleições de 2010, Genoino pediu aposentadoria por tempo de contribuição na Câmara. De acordo com a Diretoria-Geral da Mesa, ele recebe aproximadamente R$ 20 mil brutos. O petista, porém, não acumula os vencimentos mensais com o benefício previdenciário, suspenso desde que ele foi empossado.
Cassações
Uma das consequências estabelecidas pelo STF é que a condenação de um parlamentar resulta na suspensão dos seus direitos políticos. Dessa forma, cabe à Câmara apenas declarar a perda do mandato dos deputados considerados culpados no julgamento. No entanto, a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara entende que Genoino e os outros três deputados condenados no mensalão – João Paulo Cunha (PT-SP), Pedro Henry (PP-MT) e Valdemar Costa Neto (PR-SP) – não devem perder o mandato imediatamente. Caberá ao plenário, após ouvida a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, decidir se eles deverão ser cassados.
O mesmo processo ocorreu com o deputado Natan Donadon (sem partido-RO), que também cumpre pena na Penitenciária da Papuda. Ele foi condenado a 13 anos, quatro
meses e dez dias de prisão por peculato e formação de quadrilha. Contudo, teve o mandato parlamentar preservado em votação secreta. A diferença entre os condenados no mensalão e Donadon é que a votação das perdas do mandato parlamentar poderá ser aberta.
Voto aberto
Tramitam no Congresso propostas de emenda à Constituição que acabam com o sigilo nessas votações e, nesse caso específico, as duas Casas concordam e já aprovaram o fim do sigilo nesses casos. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse, em diversas oportunidades, que não colocará nenhum processo em votação no plenário antes do fim do voto secreto. Essa demora pode favorecer Genoino.
Até agora a Câmara não foi notificada da decisão do STF. E a expectativa é de seguir o mesmo trâmite adotado no caso Donadon. Ou seja, a abertura de um processo que consumirá pelo menos dois meses. Em tese, mesmo se a Casa fosse notificada hoje, haveria tempo de sobra para o petista conseguir a aposentadoria por invalidez, no caso de o laudo dos médicos recomendar a concessão do benefício ao deputado afastado. Antes de o processo chegar ao plenário, ele já estaria oficialmente aposentado.
A Vara de Execuções Penais de Brasília autorizou ontem (18) a transferência de Genoino, do ex-ministro José Dirceu, dos ex-tesoureiros Delúbio Soares (PT) e Jacinto Lamas (PL) e do ex-deputado Romeu Queiroz, todos condenados no mensalão, da ala federal no Complexo Penitenciário da Papuda para o Centro de Internamento e Reeducação (CIR). O local é destinado a presos que cumprem pena no regime semiaberto.

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/afastado-do-mandato-genoino-recebe-salario-integral/

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Exposição inédita da perfumaria francesa chega ao Brasil



 

 
Criações exclusivas e modelo sustentável de proteção das cadeias de abastecimento de matérias primas ficam no Espaço Perfume Arte + História, entre os dias 12 a 24 de novembro
 
Para lançar o programa “GIN - Givaudan Innovative Naturals” no Brasil, a Givaudan realiza, entre os dias 12 e 24 de novembro, no Espaço Perfume Arte + História, em São Paulo, a exposição “Jornada ao Coração da Lavanda”. O objetivo da mostra é apresentar uma coleção inédita e criativa de fragrâncias tendo como matéria prima a lavanda desenvolvida a partir de uma parceria com a CRIEPPAM, uma organização de pesquisa francesa de plantas aromáticas e a France Lavande, uma cooperativa de agricultores de lavanda da Região de Provença, na França.
De acordo com a diretora de marketing de Perfumaria Fina para a América Latina da Givaudan, Flávia Motta, “Com esse programa, além de desenvolver uma lavanda de origem pura e de qualidade olfativa superior, exclusiva para a Givaudan, ajudamos a preservar a lavanda da Provença, que estava em risco de extinção por uma praga”, explica. Essa Região, na França, sofria com uma praga que enfraquecia e ameaçava a lavanda. Essa parceria garantiu o cultivo de lavandas saudáveis e a continuação de seu uso na perfumaria.
Com criações exclusivas dos perfumistas da Givaudan em Paris, New York e São Paulo, a mostra contará com fragrâncias que enaltecem este óleo essencial de lavanda e enriquecem a paleta dos perfumistas. O Programa GIN lança regularmente novos ingredientes sustentáveis como o Sândalo da Austrália, a Fava Tonka da Venezuela, o Benjoim do Laos, o Ylang Ylang de Comores, a Baunilha de Madagascar e agora a Lavanda de Provença, lançada durante a exposição Jornada ao Coração da Lavanda, no Espaço Perfume Arte + História.

 
Espaço Perfume Arte + História
Inaugurado em setembro de 2010, o Espaço Perfume Arte + História é uma iniciativa do Grupo Boticário em parceria com a FASM, dedicada à história da perfumaria nacional e internacional. A mostra, que é permanente, tem como objetivo registrar 5 mil anos da história do perfume, sua relação com a moda e, ainda, curiosidades sobre sua produção, oferecendo uma experiência única a seus visitantes. Gratuito e aberto ao público de todas as idades, o Espaço Perfume Arte + História possui acervo com mais de 500 peças históricas, entre objetos originais e réplicas, composto com a colaboração de mais de 100 marcas do segmento de perfumaria nacional e internacional.
 Dividido em sete núcleos no térreo e três no mezanino, possui mais de 20 vitrines, além de equipamentos interativos e multimídias, que proporcionam resgate da memória olfativa e estimulam audição, visão e olfato. O projeto expográfico é assinado pela Base 7 Projetos Culturais e foi realizado com o apoio do Ministério da Cultura – por meio da Lei de Incentivo à Cultura – e patrocínio da Givaudan do Brasil e Wheaton Brasil, além da colaboração da Swarovski Elements. A curadoria dos núcleos do piso térreo do Espaço Perfume é de Renata Ashcar. Já Cecília Soares e Marta Oliveira Bagolin são as curadoras da exposição da Wheaton Brasil, presente no mezanino. O Espaço Perfume Arte + História reserva, ainda, um local especial para exposições temporárias de artistas e marcas que têm a perfumaria e a moda como fonte de inspiração.

 

 

 

Exposição: Jornada ao Coração da Lavanda - programa “GIN - Givaudan Innovative Naturals

 Espaço Perfume Arte + História

 Rua Dr. Emílio Ribas, 110 – Bairro Perdizes – São Paulo / SP.

Dias e horários: terças-feiras, quartas, sextas e sábados, das 10h às 18h; às quintas, das 10h às 20h, e aos domingos, das 12h às 18h.

Duração da Exposição: 12/11 a 24/11

VERÃO

Atenção!Cuidado com seu cão no verão, o asfalto é quente e pode causar queimaduras graves, procure não passear das 10hs as 16hs. ;)

Serasa Experian faz alerta contra fraudes no feriado da Proclamação da República


Serasa Experian faz alerta contra fraudes no feriado da Proclamação da República

 

Em vésperas e durante os feriados, o risco de o comércio ser vítima de golpes aumenta em 25%; documento roubado, ou perdido, dobra a probabilidade de o consumidor sofrer fraudes

 

São Paulo, 14 de novembro de 2013 – Amanhã, 15 de novembro, é o dia da Proclamação da República. Muitas pessoas vão aproveitar o feriado prolongado para viajar e fazer compras. Mas o consumidor e o comerciante precisam redobrar a atenção e adotar cuidados simples de prevenção para não se tornarem vítimas de golpistas. De acordo com os especialistas em soluções antifraude da Serasa Experian, o fluxo intenso de pessoas no comércio, somado ao objetivo dos empresários em ampliar as vendas, acaba resultando em oportunidade para a atuação rápida de pessoas mal-intencionadas no comércio fazendo compras com identidade falsa.

 

Estudos dos casos de fraudes confirmadas, dentre os alertas apontados pelas soluções antifraudes da Serasa Experian, constataram uma elevação de 25% de comprovação de golpes no comércio decorrentes de alertas a consultas realizadas durante datas movimentadas e feriados prolongados.

 

Na hora de realizar uma venda a prazo, o comerciante deve principalmente verificar a consistência dos dados informados e comparar a foto do documento de identificação com a pessoa que se apresenta no estabelecimento. Independentemente do porte, é importante que todas as empresas redobrem a atenção, pois aquelas que não investem em recursos básicos e acessíveis de proteção, podem virar alvos preferenciais, destacam os especialistas em soluções antifraudes da Serasa Experian.

 

O empresário também pode contar com o auxílio de ferramentas disponíveis no mercado que ajudam a prevenir fraudes, como é o caso do serviço de Alerta de Identidade da Serasa Experian. No momento da venda, o empresário pode fazer uma consulta ao CPF do consumidor e analisar o histórico daquele documento. A partir disso, o serviço indica se há e qual é o grau de risco para o comerciante.

 

O consumidor também precisa ficar atento. Pesquisas da Serasa Experian apontam que estão mais suscetíveis às fraudes os cidadãos que tiveram seus documentos perdidos ou extraviados. Basta perder a carteira de identidade ou o CPF para dobrar a probabilidade de se ser vítima de uma fraude. Segundo o Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude, de janeiro a setembro deste ano, a cada 14,8 segundos um consumidor brasileiro foi vítima da tentativa de fraude conhecida como roubo de identidade, em que dados pessoais são usados por criminosos para obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos ou fazer um negócio apresentando-se com uma falsa identidade.

 

Qualquer pessoa que tiver um documento roubado ou perdido, além de fazer um Boletim de Ocorrência (B.O.), deve cadastrar um alerta no Serviço de Documentos e Cheques Roubados da Serasa Experian, com o objetivo de reduzir o risco e evitar a dor de cabeça de ter seus dados pessoais utilizados por golpistas.

 

De maneira prática e segura, o consumidor pode fazer gratuitamente o registro do extravio de folhas de cheques e documentos (como Registro Geral, o RG; carteira de trabalho; CPF; carteira de habilitação e título de eleitor) pela Internet, www.serasaconsumidor.com.br/gratuito_roubados.html, ou pelo telefone da Central de Atendimento ao Consumidor, (11) 3373 7272, que funciona nos 7 dias da semana, das 8h às 20h. Se alguém já teve no passado algum documento extraviado e ainda não registrou as informações, também pode realizar o cadastro.

 

A partir da inclusão dos dados, as informações ficam disponíveis de imediato para todos os clientes da Serasa Experian no país. No caso dos documentos, o alerta fica no sistema de consultas, provisoriamente, por um período de dez dias úteis. Para que permaneça por tempo indeterminado, o consumidor precisa enviar dentro desse prazo o Boletim de Ocorrência e uma declaração formal à Serasa Experian. Já no caso dos cheques, as informações ficam na base de dados por três dias úteis, tempo para que o correntista avise o banco, faça o Boletim de Ocorrência e suste os cheques. Após a sustação, o alerta do cheque permanecerá por tempo indeterminado na base de dados da Serasa Experian.

 

A ação de fraudadores pode causar muitos transtornos ao comércio e à população. Confira abaixo dicas de prevenção para o consumidor e para as empresas, sobretudo para as pequenas e médias companhias, preparadas pelos especialistas da Serasa Experian:

 

Comércio

 

Antes de realizar uma venda a prazo:

1ª – Peça sempre dois documentos originais (como RG, CPF, Carteira de Habilitação);

2ª – Verifique inconsistências nos documentos apresentados. Por exemplo, se a foto é recente, porém a data de emissão do RG é de quando a pessoa tinha 10 anos de idade ou vice-versa.

3ª – Procure confirmar se as informações fornecidas pelo cliente são verdadeiras, analisando atenciosamente se o nome apresentado nos documentos é o mesmo que consta no comprovante de residência;

4ª – Solicite ao cliente o número do telefone residencial e faça a checagem dos dados naquele instante;

5ª – Consulte alguma ferramenta de prevenção a fraudes disponível no mercado;

6ª – Se a suspeita de fraude for grande e o comerciante não se sentir seguro com a venda, é recomendável pedir que uma parte ou todo o pagamento seja feito à vista.

 

Consumidor

 

Cuidados com os documentos:

1ª – Nunca deixe o documento com um desconhecido quando você não estiver por perto;
2ª – Nunca forneça seus dados pessoais para pessoas estranhas;

3ª – Não forneça ou confirme suas informações pessoais por telefone;
4ª – Não perca de vista seus documentos de identificação quando solicitados para protocolos de ingresso em determinados ambientes ou para quaisquer negócios;
5ª – Não informe os números dos seus documentos quando participar de sorteios;
6ª – Mantenha atualizado o antivírus do seu computador diminuindo os riscos de ter seus dados pessoais roubados por arquivos espiões;
7ª – Não faça cadastros em sites que não sejam de confiança; fique atento às dicas de segurança da página, por exemplo, como a presença do cadeado de segurança.

 

Cuidados com os cheques:
1ª – Procure deixar os cheques separados dos documentos pessoais;
2ª – Não ande com o talão de cheques ou folhas já assinadas; procure portar apenas as folhas que for utilizar no dia;
3ª – Não deixe as folhas de cheques em cima do balcão da loja ou à vista de outras pessoas;
4ª – Quando for preencher o cheque utilize sempre uma caneta própria;
5ª – Evite deixar espaços em branco;
6ª – Procure sempre emitir cheques nominais e cruzados;
7ª – Anote as informações da compra no canhoto do talão.

 

Para saber mais, acesse o link www.serasaconsumidor.com.br/guias-e-publicacoes/ e consulte o Guia Serasa Experian de Orientação ao Consumidor – Saiba como evitar a inadimplência e garantir o seu futuro.

Campanha “Novembro Dourado


Campanha “Novembro Dourado” alerta sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil

A descoberta em estágio inicial viabiliza a cura em 70% dos casos, possibilita tratamento menos agressivo e diminui o número de sequelas

sobope_novenbro_dourado.pngNo dia 23 de novembro, é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil. Para lembrar a importância da data, a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE) participa da campanha “Novembro Dourado”, que tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce.

De acordo com a oncologista pediátrica e vice-presidente da SOBOPE, Teresa Fonseca, nos estágios iniciais o tratamento poderá ser menos agressivo, com menos sequelas e melhor qualidade de vida. Apesar disso, ainda é frequente o atraso no diagnóstico. “Vários são os motivos para que isto ocorra, como a demora na procura do serviço médico pela família quando surgem os primeiros sintomas; o grau de  suspeita da possibilidade de câncer tanto pelo leigo como pelo pediatra generalista e outros profissionais de saúde, pois os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil assemelham-se muito  aos das doenças comuns da infância; e a dificuldades de acesso aos meios diagnósticos e ao encaminhamento adequado para centros de referência”.

Ainda segundo a vice-presidente, a campanha também visa sensibilizar os governantes na construção de uma política de saúde pública que contemple as necessidades das crianças e adolescentes com câncer. “Vamos vestir o Brasil de dourado inspirando uma atitude positiva em prol do diagnóstico precoce e melhor qualidade da assistência para obtenção de maiores taxas de cura com qualidade de vida. Convido a todos a usarem o laço dourado no dia 23!”

Segunda causa de morte em crianças no país, o câncer na criança e no adolescente é uma doença de evolução rápida, em geral. De acordo com a vice-presidente, o estabelecimento do fluxo de investigação e encaminhamento do paciente aos centros de referência regionais de forma efetiva deve ser prioritário pelos gestores do sistema de saúde para o tratamento da doença em fase inicial.

Saiba mais sobre a campanha “Novembro Dourado”

Sobre a razão do uso do laço na campanha, trata-se de uma homenagem a Penney Laigen. Em 1970, ela colocou diversos laços amarelos nas árvores em homenagem a seu marido, que lutou pelo exército norte-americano na Guerra do Irã. O laço, então, se transformou em símbolo de união por uma campanha, já que os amigos e familiares de Penney aderiram ao gesto da mulher.

Na campanha “Novembro Dourado” o amarelo tem sentido de demonstrar um sinal de alerta para necessidade de atitudes que levem ao diagnóstico precoce. Já a cor dourada simboliza o “padrão ouro” que necessitam os pacientes de câncer infantojuvenil.

O dia 23 de novembro tornou-se o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil após a aprovação de lei sancionado pela então presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2008.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

14 de novembro - Dia Mundial do Diabetes


14 de novembro - Dia Mundial do Diabetes 
Especialista alerta: a cada 60 segundos uma pessoa tem um membro amputado por causa do diabetes

 

De acordo com o Dr. João Eduardo Nunes Salles, professor da disciplina de Endocrinologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, atualmente, o Brasil conta com 13,5 milhões de diabéticos dos quais 50% não sabem que possuem a doença. "No mundo, a cada 60 segundos uma pessoa tem um membro do corpo amputado por conta do problema. Para realizar o tratamento correto, devem ser ampliadas a conscientização e a procura pelo exame diagnóstico", afirma.
O professor explica que os primeiros sintomas da doença são: perda de peso, aumento da frequência urinária e do apetite, cansaço muscular, turvação visual e infecção de urina e/ou ginecológicas. "Quando a glicose fica elevada há o comprometimento dos vasos sanguíneos da retina, o que leva a menor irrigação do local e, consequentemente, afeta a visão. Hoje, o diabetes é a maior causa de cegueira do mundo", declara.
Segundo o Dr. Salles, o número de crianças diabéticas, principalmente do tipo 1, também aumentou. "Nesses casos, os portadores desse tipo de diabetes precisam de injeções diárias de insulina, pois sua produção pelo organismo é insuficiente", explica.
Já o tipo mais comum é o 2 que ocorre geralmente em pessoas obesas. Nessa situação, há a presença de insulina, porém sua ação é dificultada pelo excesso de peso. "O grupo de risco inclui indivíduos com mais de 40 anos, com circunferência abdominal maior que 102 centímetros para homens e 88 para mulheres, triglicérides elevado, colesterol bom baixo e hipertensão arterial", enfatiza.
Para o especialista, a gravidade do diabetes está relacionada ao seu controle. "Não existe diabetes mais ou menos grave, existe a controlada e a descontrolada. É importante ressaltar que com o tratamento correto, a pessoa pode levar uma vida normal", conclui.
 
Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo: www.fcmsantacasasp.edu.br.

DOAÇÃO DE SANGUE




DOAÇÃO DE SANGUE

Ministério da Saúde amplia para 69 anos a idade máxima para doação


Brasil realiza anualmente a coleta de 3,6 milhões de bolsas de sangue. Com a medida, outros dois milhões de brasileiros poderão doar. Teste NAT torna-se obrigatório nos serviços públicos e privados.

 

O Ministério da Saúde ampliou para 69 anos a idade máxima para doação de sangue no Brasil, o que amplia em dois milhões o público potencial de doadores. A atual faixa etária para doação é de 16 a 67 anos. Países como EUA, França e Espanha já trabalham com a faixa etária de até 69 anos. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, também assinou nesta terça-feira (12), em Brasília, portaria que torna obrigatória a realização do teste NAT (teste de ácido nucleico) em todas as bolsas de sangue coletadas no país.
 

Atualmente, são coletadas no Brasil 3,6 milhões de bolsas por ano, o que corresponde ao índice de 1,8%. Embora o percentual esteja dentro dos parâmetros da OMS, o Ministério da Saúde trabalha para chegar ao índice de 3%. Em 2012, o Ministério da Saúde reduziu a idade mínima para doação de 18 para 16 anos (com autorização do responsável). Com a expansão das idades mínima e máxima dos doadores, houve a abertura para 8,7 milhões novos voluntários.
 

“A qualidade da rede de sangue brasileira já é reconhecida internacionalmente. A implantação do teste NAT e o questionário (aplicado nos hemocentros aos doadores) complementam o controle do sangue doado, por meio de testes já realizados no SUS”, salientou o ministro Alexandre Padilha, lembrando que a totalidade do sangue coletado na rede pública já é testada pelo NAT. Durante o evento, o ministro anunciou que a Fiocruz desenvolve tecnologia para detecção da hepatite B no teste NAT com previsão de uso a partir do segundo semestre de 2014.
 

O Sistema Único de Saúde oferta, desde a década de 90, os testes para detecção dos vírus das hepatites B e C, HIV, Doenças de Chagas, Sífilis e Malária (na Região Norte). O teste NAT será realizado de forma adicional (para detecção de HIV e hepatite tipo C) somado aos exames de sorologia que continuarão sendo aplicados. O Ministério da Saúde também distribui vacina para prevenção da hepatite B.
 

“Celebramos a adoção do teste NAT, tecnologia já adotada em outros países e que representa o que há de mais avançado no mercado para a detecção dos vírus da hepatite C e HIV”, afirmou o presidente da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), Carmino Antonio de Souza.
 

TESTE NAT - Com a nova portaria do Ministério da Saúde, todo sangue coletado no país deverá passar obrigatoriamente pelo teste NAT para a detecção dos vírus HIV e da Hepatite C. O sangue captado para doação deve ser submetido ao exame no momento da coleta.O exame reduz a chamada “janela imunológica” para a identificação mais rápida destes vírus. Desde 2011, o NAT está em fase de implementação por meio do desenvolvimento gradativo de tecnologia nacional, sem importação de produtos e com rigorosos processos que garantem a qualidade do sangue. O NAT brasileiro é produzido pelo laboratório público Bio-Manguinhos, da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).
 

A universalização do teste NAT ocorre após a implantação, em 14 estados, de centros de referência para a realização dos testes (sítios testadores), que são responsáveis por analisar as amostras nos respectivos estados e nos estados de sua abrangência. Por exemplo, as amostras de sangue coletadas no Acre, Roraima e Rondônia são transportadas em até 24 horas para o HEMOAM – hemocentro testador no Amazonas. A devolução do resultado do teste para o estado de origem ocorre em até 48 horas.
 

Este modelo segue exemplo de países como EUA, Japão e Austrália, que também optaram pela centralização dos exames. Atualmente, 75% da coleta de sangue no país é feita na rede pública e 25%, na rede privada. Os hemocentros de todo o país terão 90 dias para se adequar às novas regras, que serão fiscalizadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).
 

Outra novidade é que o Ministério da Saúde, a partir de 2014, irá financiar todos os gastos dos sítios testadores para implantação do NAT, incluindo recursos humanos e armazenagem das amostras. Atualmente, já é pago os kits (para realização do teste) e transporte das amostras. Para isso, o Ministério da Saúde vai dobrar os investimentos, alcançando R$ 64 milhões por ano.
 

VANTAGENS - O NAT reduz a janela imunológica ou o tempo em que o vírus permanece indetectável por testes de 22 para 10 dias, no caso do HIV; e de 35 para 12 dias, em relação ao vírus da Hepatite tipo C. O NAT identifica o material genético do vírus e não os anticorpos (como ocorre em outros exames), o que permite um resultado mais rápido e eficaz. Por exemplo, os demais métodos sorológicos identificam a doença a partir da produção de anticorpos após a infecção provocada pela doença. Desta forma, os anticorpos contra o HIV somente são detectados no sangue com 22 dias, após a contaminação, e os de HCV, com 70 dias.
 

REDE PARA DOAÇÃO – O Sistema Único de Saúde (SUS) conta com 32 hemocentros coordenadores e 368 regionais e núcleos de hemoterapia distribuídos em todo o país. O investimento do Ministério da Saúde na rede de sangue em hemoderivados chegou a R$ 1,1 bi em 2012. Os recursos foram aplicados no custeio do serviço, na qualidade da coleta e na modernização das unidades, inclusive com a implantação de tecnologias mais seguras.

 
Regina Xeyla, da Agência Saúde.

1.8 bilhão de pessoas continuam bebendo água potável sem proteção contra a contaminação por fezes

No âmbito do Dia Mundial do Banheiro, a Fundação We Are Water, uma iniciativa da Roca, alerta para a falta de acesso de milhões de pe...